sexta-feira, 13 de março de 2009

Adiada escolha das cidades p copa 2014

A Fifa adia definição de sedes da Copa

A Fifa adiou para o fim do mês de maio a escolha das 12 cidades que serão como sedes para a Copa de 2014, que será disputada no Brasil. Segundo comunicado oficial da entidade.

Segundo assessor do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os membros da Fifa acharam que não há urgência para escolher as cidades e que, por isso, eles poderiam ter mais tempo para fazer a definição.

Atualmente, as 17 cidades que estão na disputa são Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (BH), Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Rio Branco (AC), Manaus (AM), Belém (PA), Salvador (BA), Natal (RN), Fortaleza (CE) e Recife (PE). 

Haja coração!

Mas eu ainda, aproveitando o bordão do famoso locutor esportivo Marcos Lopes da rádio globo Natal, digo: "Entre as maravilhas mil que o Brasil tem Natal também é uma delas!"


terça-feira, 10 de março de 2009

Natal-RN escolhida para a copa 2014(segundo Placar)

Placar antecipa as cidades

escolhidas da Copa 06/03/2009

A revista Placar faz aniversário dia 20 de março, (39 anos), e será anunciado nesta data pela FIFA as 12 cidades-sedes da copa do mundo de 2014,que será realizada no Brasil. Espera-se grandes arenas espalhadas pelo Brasil inteiro, portanto a revista Placar antecipou seguindo os critérios usados pela FIFA as metrópolis, e divulgou apuração das cidades escolhidas que irão sediar os jogos. Sendo assim distribuídas as 12 cidades-sedes: Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, e Belém ou Manaus. A única dúvida entre Belém, pela tradição da rivalidadeentre Paysandu e Remo, e Manaus Capital da Amazônia. .

segunda-feira, 9 de março de 2009

Inaugurado Hospital da Mulher em Natal

Inauguração do Hospital da Mulher Dr. Leide Morais marca parceria entre Semtas e SMS


A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social participará da solenidade de inauguração do Hospital Municipal da Mulher Dr. Leide Morais, nesta segunda-feira, 9, às 16h, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação. Entregue em dezembro de 2008 sem condições adequadas ao atendimento, o prédio foi ampliado e transformado pela atual gestão num projeto pioneiro, com atendimento especializado em serviços de obstetrícia, ginecologia e mastologia. A participação da Semtas na solenidade de inauguração será feita com o fornecimento de kits-gestante às 30 primeiras parturientes. O material é disponibilizado pelo Plantão Social da secretaria a gestantes de baixa renda para suprir as necessidades imediatas após o parto.

A entrega dos kits marca o início da parceria da Semtas com a Secretaria Municipal de Saúde no projeto Mãe Natalense, que será lançado hoje, durante a inauguração. Inspirado em experiências semelhantes e de sucesso em cidades como São Paulo e Curitiba, o projeto visa a acompanhar todo o processo de gestação da mulher, oferecendo, além dos serviços médicos, o atendimento social. Ao longo dos procedimentos de rotina feitos pela gestante na rede municipal de saúde, ela receberá orientação não só sobre cuidados e exames, mas também informações importantes sobre como se integrar à rede de proteção social do município.

O encaminhamento será feito pela SMS e, conforme análise feita por técnicos da Semtas, a gestante será enquadrada nos programas sociais. Dias antes do parto, ela receberá um kit-gestante, com fraldas descartáveis, fraldas de tecido, conjunto pagão (roupa usada por recém-nascidos ao saírem da maternidade), pares de meias e cueiros.

“A entrega desses kits hoje é apenas um ato simbólico da parceria que vamos firmar com a Secretaria Municipal de Saúde, que é bem mais ampla. Vamos trabalhar no sentido de incluir as gestantes em situação de vulnerabilidade na nossa rede de proteção. Além dos programas de complementação de renda que intermediamos, temos toda uma gama de ações voltadas à qualificação profissional, às quais essas mulheres terão acesso para garantir uma fonte de sustento à família. Pretendemos ainda incrementar e melhorar o kit já [WINDOWS-1252?]existente.”, afirma a secretária Rosy de Sousa.

O Hospital Municipal da Mulher Dr. Leide Morais está localizado na Avenida das Fronteiras, próximo ao Centro de Zoonoses. A unidade tem capacidade para realizar 300 partos por mês, além de 400 pronto-atendimentos.

Fonte: http://www.natal.rn.gov.br