quarta-feira, 15 de julho de 2009

Samu recebe sete novas motos para atendimento de urgências emergências

Data de publicação: 13/07/2009 14:54

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Natal recebeu na manhã desta segunda-feira sete novas motocicletas. Os equipamentos, enviados pelo Ministério da Saúde, devem dar mais rapidez ao atendimento de urgências e emergências na saúde pública municipal. Antes, apenas com as ambulâncias, o socorro chegava em cerca de 10 minutos. Com a chamada moto-ambulância, esse tempo é reduzido a menos da metade.

As motos foram entregues na sede do Samu, em Lagoa Nova, pela prefeita de Natal Micarla de Sousa, em solenidade que contou com a participação da senadora Rosalba Ciarlini (DEM), do vereador Enildo Alves (PSB), fundador do serviço há cerca de 7 anos, e da Secretária Municipal de Saúde (SMS), Ana Tânia Sampaio.

“A chegada dessas motos fará com que consigamos ter ainda mais agilidade no atendimento da população. Hoje, temos um aumento inegável de veículos no trânsito, assim como de acidentes. Com isso, o tempo é fundamental para esse atendimento. O objetivo da Prefeitura é justamente este, salvar vidas”, disse a prefeita.

O Samu já contava anteriormente com motocicletas alugadas. Mas, os veículos não eram utilizados para prestar socorro, servindo apenas para abrir espaço nas ruas para as ambulâncias. Agora, com os novos equipamentos, além da economia no aluguel dos veículos, o condutor precisará ser um técnico de enfermagem, com curso de socorrista e de direção defensiva. A expectativa é que, em menos de cinco minutos após acionado, o serviço chegue ao local do acidente com os materiais necessários para os primeiros socorros.

Segundo o coordenador do Samu Natal, André Pinto, a capacitação dos condutores é uma exigência do Ministério da Saúde. Atualmente, 10 profissionais já atendem a esses pré-requisitados para pilotar as motos. Além disso, “com as motos o atendimento chegará em locais inacessíveis as ambulâncias, como vielas e escadarias, comuns em Natal”, enfatizou o coordenador.

O Samu é custeado a partir de uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal. Com o envio das motocicletas pelo Ministério da Saúde, a SMS passará a receber um investimento aproximado de R$ 9 mil mensais do órgão para custear os veículos. Os recursos serão repassados para a Prefeitura diretamente, da forma Fundo a Fundo.

Prefeitura investiu 28% do orçamento em saúde


Durante a solenidade de entrega das motos a prefeita de Natal, Micarla de Sousa, revelou que a atual gestão está investindo 28% do orçamento na área da saúde pública, quando o município é obrigado a destinar apenas 15% dos seus recursos para o setor, conforme prevê a Constituição Federal.

Além disso, Micarla divulgou que a Prefeitura assumirá a construção das duas primeiras Unidades de Pronto Atendimento (UPA), o que representará um investimento de R$ 6 milhões com recursos próprios. “Nós queremos as cinco UPA’s e vamos montar estas duas primeiras para mostrar ao Ministério da Saúde a necessidade que temos desses serviços”, finalizou a prefeita.

Fonte: Prefeitura Municipal do Natal http://www.natal.rn.gov.br/noticia/ntc-840.html