quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Equipe Técnica do Ministério da Saúde visita a cidade de Cuité PB

          Equipe Técnica do Ministério da Saúde composta por Engenheiros e Arquitetos estiveram hoje na cidade de Cuité - PB para  verem o terreno e avaliarem projeto para a construção e instalação do Centro Especializado em Reabilitação tipo II.
Se reuniram com o Izabel Mendes, o Secretário de Saúde Dr. Gentil Venâncio Palmeira Filho e com a prefeita Euda Fabiana 
           Parabéns excelentíssima prefeita, ao secretário de Saúde e toda sua equipe pelo desempenho e dedicação a saúde do povo de Cuité.

Foto:  Jeancarlo de Sousa
  


O Nome Cuité provém do uso que os índios "cuités", faziam do fruto da coitizeira


Cuité

Paraíba - PB

Histórico

O Nome Cuité provém do uso que os índios "cuités", da grande tribo dos cariris ou kiriris, faziam do fruto da coitezeira, utilizado para o fabrico de cuias, gamelas e cochos. No dialeto indígena, Cui quer dizer vasilha e eté, grande, real, ilustre. Esses silvícolas foram aldeados, em 1696, pelo Padre João de Barros.
Em 1704, foi doada a primeira sesmaria do lugar, solicitada pelo Conde de Alvor Na mesma época, Caetano Dantas Correia recebeu a data Lagoa do Cuité. Acompanhado do seu irmão Simplício Dantas Correia, iniciaram a povoação e construíram a capela Nossa Senhora das Mercês, ficando a mesma subordinada à freguesia de Caicó, no Rio Grande do Norte, até 1801.
O progresso, para a época, foi rápido. Em 1800 ou 1827, como afirmam alguns autores, Cuité foi elevado à categoria de Distrito, passando em 1854, à condição de Município. Sua elevação à Comarca data de 1872, mas o benefício foi suprimido em 1891 sendo restabelecido, em 1900. Quatro anos depois o Município e a Comarca de Cuité, foram anexados ao Município de Picuí, com o nome de Serra do Cuité.
Assim permaneceu, até 1936, quando restaurada sua autonomia administrativa, desmembrou-se definitivamente de Picuí formando dois distritos, o da Sede e o de Barra de Santa Rosa. Em 1938, o Município teve seu nome simplificado para Cuité.
Gentílico: cutieense Formação Administrativa
             Distrito criado com a denominação de Cuitê, em 1800 ou em 15-10-1827.
           Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Cuitê, figura no município de Picuí.
           Assim permanecendo em divisão territorial administrativa referente ao ano de 1933.
           Elevado à categoria de município com a denominação de Serra do Cuitê, pela lei estadual nº 99
de 18-12-1936, desmembrado de Picuí. Sede na povoação de Serra do Cuitê. Constituído de 2 distritos:
Serra do Cuité e  Barra da Santa Rosa, criado pela mesma lei que criou o município. Instalado em 25-
01-1937.
           Pelo decreto lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o município de Serra do Cuité passou a denominar-se simplesmente Cuité e o distrito de Barra de Santa Rosa a denominar-se Santa Rosa.
           No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município aparece constituído de 2 distritos: Cuité e Santa Rosa ex-Barra Santa Rosa.
           Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Santa Rosa volta a denominar-se Barra de Santa Rosa.
           Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos:
Cuité e Barra de Santa Rosa  ex-Santa Rosa.
           Pela lei estadual nº 1183, de 29-03-1955, é criado o distrito de Nova Floresta ex-povoado e anexado ao município de Cuité.
           Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Cuité, Barra de Santa Rosa e Nova Floresta.          
           Pela lei estadual nº 2077, de 30-04-1959, desmembra do município de Cuité o distrito de Nova Floresta. Elevado à categoria de município.          
            Pela lei estadual nº 2108, de 08-05-1959, desmembra do município Pela lei estadual nº 2108, de 08-05-1959, desmembra do município de Cuité o distrito de Barra de Santa Rosa. Elevado à categoria de município.
           Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
           Pela lei estadual nº 2649, de 20-12-1961, é criado o distrito de Sossego e anexado ao município de Cuité.
           Pela lei estadual nº 2758, de 08-01-1962, é criado o distrito de Melo e anexado ao município de Cuité.
           Em divisão territorial datada de 1-VII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Cuité, Melo e Sossego.  
           Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.
           Pela lei estadual nº 5901, de 29-04-1994, desmembra do município de Cuité o distrito de Sossego. Elevado à categoria de município.
           Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 2 distritos: Cuité e Melo.  
          Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
Alteração toponímica distrital
Cuitê para Serra do Cuitê alterado, pela lei estadual nº 99, de 18-12-1936.
Alteração toponímica municipal
Serra do Cuitê para simplesmente Cuité alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Prefeitos eleitos em Guamaré, Pendências e Macau


Manifestações de apoio da executiva estadual do PMDB no ultimo encontro do partido em Natal aos prefeitos da região salineira, fortaleceu ainda mais o prefeito eleito de Guamaré Hélio de Mundinho, o prefeito eleito de Macau Kerginaldo Pinto e o prefeito reeleito de Pendências Ivan Padilha.
Eles conversaram um pouco com a executiva estadual, e deles receberam gestos e afirmação de poio, portanto, os líderes do partido do PMDB reafirmaram aos novos gestores que o compromisso feito em campanha continua de pé “A região salineira terá ajuda do partido a nível Estadual e Federal”.
O blog Guamaré em Dia conversou no encontro com os três prefeitos eleitos do PMDB, percebi a alegria e ansiedade na fala de cada um para começar a trabalhar e fazer de sua cidade um município cada vez melhor.
Os prefeitos receberam também durante o evento, manisfestações de apoio de outros prefeitos de outras regiões do estado, que também participaram do encontro estadual do partido.

Fonte: Guamaré em Dia

Bado Venâncio visita Assembleia e deve assumir cargo


O suplente de deputado estadual pela Coligação PSL/PR, Osvaldo Venâncio Filho, mais conhecido como Bado, esteve visitando a Assembleia Legislativa nesta terça-feira (20) para conhecer o ambiente que passará a transitar nos próximos dias com a licença do deputado Caio Roberto (PR). Bado passou a ocupar a condição de primeiro suplente após decisão do TSE sobre retotalização de votos.

“Nosso entendimento político administrativo da Coligação é que Caio Roberto deva tirar licença de quatro meses agora já que Tião Gomes e Aníbal já tiraram para que a gente possa assumir a vaga aqui na casa de Epitácio Pessoa”, disse.

Com relação a sua postura dentro da Casa, Bado disse que será de oposição ao governo, pois a sua base foi sempre de oposição.

No entanto, disse que assume o mandato para votar nos projetos que forem importantes para a Paraíba e que nesse momento de transição vai ficar defendendo os interesses do povo paraibano.

“Eu já tenho experiência política uma vez que já fui vereador, fui presidente de Câmara, fui prefeito por dois mandatos do município de Cuité, acompanho muito o movimento municipalista, fui secretário da FAMUP durante oito anos, luto muito pelo municipalismo brasileiro e vou continuara minha experiência em defesa do povo”, ressaltou.


Fonte: Cuité agora.com
ParaibaOnline
Foto: Paraibaonline